sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

Noite mais fria do ano



OS MEUS MESTRES

Todos os que amam
são meus Mestres.
E todos os que são felizes também.

Os que sofrem.

Meus pais,
os maiores.
Meus avós,
logo a seguir.

Os meus irmãos.

E depois tive a sorte danada
de conhecer gente,
tudo VIP.
Tudo very important person:

Agostinho da Silva,
Alçada Baptista,
Júlio Roberto,
Prem Rawat,
Zélia Sakai,
Vaz Pinto,
Peter Stilwell,
Manuel Clemente,
Zé Pedro,
António Pereira,
Luís Lopes,
Carlos Cardoso,
...
e o Luís DeRose (1)

Os que me lembro agora.

Gente que melhora o mundo
e o torna ainda mais belo.

E os meus alunos, então esses,
os meus amigos.
Os que me salvam todos os dias.

E as mulheres que amei
e amo.
Os meus olhos azuis, verdes e castanhos,
que cuidam de mim.
Eles sabem quem são.

Os Rolling Stones,
Pink Floyd,
e Génises.
Os livros,
os quadros
e os filmes.

As paisagens,
as plantas
e o mar.

Os animais da Terra.

Para não falar dos meus cães e gatos:
Susy,
Shakti,
Afonso,
e Tomáz.
Os maiores mesmo.

raphael
(1) A. da Silva, Filósofo; A. Baptista, Escritor; J.Roberto, Ecologista; P.Rawat, Humanista, Poeta; Z.Sakai, Terapeuta Zen; V.Pinto, Padre; P.Stilwell, Padre;M.Clemente, Bispo do Porto; Z.Pedro, Músico; A.Pereira, Professor de Yôga; L. Lopes, Professor de Yôga; C. Cardoso, Mestre de Yôga e Maestro;L. DeRose, Mestre de yôga, Educador, Escritor.

9 comentários:

Lotinha disse...

ta Mtttoooooooo Qrido o poema! :D

Anónimo disse...

Da América recebi este cOment hoje, da minha amiga das Caldas. a Carlota!
Mt obrigado!
Seu pai costumava praticar SwáSthya Yôga comigo logo às 07h.30 da matina!!!Ganda João!10 filhos! O último nasceu estava ele a fazer aula comigo, aliás telefonou a mulher dele para irem pó hospital...nasceu meia hora depois!
Que saudades do seu pai amiga!

raphael

Anónimo disse...

O seu poema está forte.

Carlota das Caldas
USA

ômega disse...

Olá Professor Raphael:

É bom saber que agradece por todos os bens que o rodeiam, incluindo como é óbvio todos os seres à sua volta.

É um excelente exemplo para nós.

bjs

telma

Maria Gabriela disse...

Na "noite mais fria do ano" aqui estás tu, mesmo assim, a escrever para nós... É reconfortante...
Não te enregelem as mãos, como quando tratas das árvores por causa da geada...
E inspirada nas palavras da Telma, do coment anterior: a gratidão é bonita e faz-nos muito bem... Obrigada a ti também.
bjs

manuela soares disse...

O teu poema!
Apetece ler... e reler!
Feito de amor... de gratidão... Lindo!!
Também tu,lindo poema de amor
Verso livre
Rima solta
Palavra carinho
...
por tudo obrigada!
beijinho

Ah! já me esquecia de dizer:
"Amo-te e a isto tudo que se chama Yôga!"

Manu

jacker disse...

Although from different places, but this perception is consistent, which is relatively rare point!
nike dunk

Anónimo disse...

Rafa e o Método DeRose, à conquista do Oeste!
Quando regressei do Porto para vir viver para as Caldas, só pensava como fazer para continuar as minhas práticas de yôga... bem, ás tantas tenho que ir ter com a Renata, a Lisboa! Mas não. Já cá estavas à minha espera. Eh eheh.

Swásthya
Sófia

Mafalda, Caldas disse...

A ti…
Meia centena, meio século, 50 anos…
A infância já correu, a juventude já foi gozada, a idade adulta está no auge…
Possuis o futuro para sonhar e concretizar e a experiência do passado para orientar. O presente é agora o mais importante, a família, os amigos, o trabalho, a filosofia de vida que segues…
50 anos… a certeza do que se fez, a incerteza do que ainda se fará…
A constante, um marco, a pedra angular do teu percurso… o Swásthya Yôga.
Foi o Yôga quem nos aproximou, eu com a sede de conhecer e aprender, tu com a sapiência, a ternura e mestria com que nos revelas, em cada momento, esta filosofia milenar.
Impossível não sucumbir a esta amizade que logo se criou…tanto para partilhar, para comungar, para divergir…
A tua serenidade, a harmonia que emanas, a indecisão e receio da mudança que, tanta vez te assombra, integram a maravilhosa pessoa que és, tornando-te, sem sombra de dúvida, um fabuloso ser humano com quem todos nós gostamos de caminhar neste longo e sinuoso percurso que é a vida.
A ti…por tudo o que és e nos permites descobrir…
…um abraço apertado do fundo do coração
Mafalda Guedes